Sistemas de Monitoramento

meio ambiente

Sistemas de Monitoramento

Status: Permanente

O objetivo deste programa foi promover o monitoramento do clima local, dos níveis da água, dos processos sedimentológicos e dos eventos sismológicos que ocorrem na região na qual está inserido o reservatório. Os trabalhos foram feitos na fase rio, início da construção, e na fase reservatório, após a implantação da Usina. De acordo com os resultados obtidos, alguns programas prosseguem na fase de operação da Usina, de forma a complementá-los. Este PBA é dividido em subtemas, relacionados abaixo:

Monitoramento do Clima Local - Visou detectar possíveis alterações nos parâmetros meteorológicos após a formação do reservatório. Os trabalhos foram desenvolvidos entre setembro de 2001 e dezembro de 2003, através de convênio com a UNITINS/UFT (Universidade Federal do Tocantins), com resultados sem alterações relevantes até o momento. Considerando a estação meteorológica implantada no campus da UFT pela INVESTCO, o monitoramento do clima na região poderá ser promovido pela Universidade e os dados obtidos disponibilizados à comunidade científica.

Monitoramento de Níveis D’água - Tem como finalidade específica avaliar as variações de níveis d´água espaciais e temporais, ao longo do reservatório e dos principais afluentes que influenciam diretamente o volume de água que chega ao lago. O monitoramento continua sendo promovido e os resultados são utilizados pela equipe de operação da Usina, além de atender a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), por meio da resolução 003/10.

Monitoramento Sedimentológico - Acompanhou a evolução do depósito de sedimentos e avaliou as descargas sólidas no reservatório, correspondentes à bacia contribuinte. Os trabalhos aconteceram de julho de 2001 a julho de 2004, através de contrato de prestação de serviços com a empresa WW Consultoria e Tecnologia Ltda. Atualmente, com a operação da Usina, novos trabalhos de monitoramento são realizados e atendem a resolução 003/10 da ANA e ANEEL.

Monitoramento Sismológico - Avaliou a atividade sísmica natural na área de influência do reservatório para comparação com o nível de atividade sísmica obtida durante e após o seu enchimento, permitindo a verificação da eventual incidência de sismos. Os trabalhos foram realizados de janeiro de 2001 a fevereiro de 2004, através de contrato com a empresa WW Consultoria e Tecnologia Ltda. Este monitoramento continua, atendendo a fase operacional da Usina, e está sendo realizado pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, a partir de uma estação sismográfica instalada na Serra do Lajeado.s e por rádio com os operadores locais das estações, diariamente às 07:00 e 17:00 horas.