Programa de Educação Ambiental

meio ambiente

Programa de Educação Ambiental

Status: Concluído

O objetivo deste programa foi desenvolver programas de educação e conservação ambiental, que, além de fornecerem benefícios diretos à população do entorno do reservatório, também visaram despertar a consciência ecológica nessa população. O Programa de Educação Ambiental da UHE Lajeado (PEAL), iniciado em 1999, fomentou a educação ambiental nos municípios do entorno do reservatório com ações em Lajeado, Tocantínia, Miracema, Paraíso, Palmas, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Aliança, Miranorte e Ipueiras.

Para a execução, foi formado um Grupo de Trabalho (GT) com a participação de instituições governamentais e não governamentais ligadas à questão ambiental, como o Ibama, Naturatins, Secretaria Estadual de Educação, Ministérios Públicos Federal e Estadual e ONGs, sendo conduzido pelo Instituto Ecológica. Este GT continua até hoje atuando na Comissão Estadual de Educação Ambiental do Tocantins. Através do PEAL, mais de mil professores da rede de ensino do Tocantins foram capacitados em educação ambiental.

O Programa foi concluído com a edição e distribuição de 5.000 exemplares do Almanaque do PEAL, resultado das capacitações, cursos, seminários e demais eventos realizados pelo programa. Este material tornou-se referencial para escolas e comunidades, no subsídio à elaboração de planos de aulas e fomento a outras ações, mantendo desta forma seu caráter permanente de apoio ao trabalho dos multiplicadores.

Durante a construção da Usina e implantação dos programas ambientais, foram publicadas seis edições do Jornal Vertedouro do PEAL, com distribuição de aproximadamente 15.000 exemplares, divulgando as ações desenvolvidas na área ambiental e o andamento das obras da Usina. O Jornal foi distribuído nas escolas, o que estendeu o alcance às comunidades do entorno do lago.