PCH do Grupo EDP no Espírito Santo conquista duas certificações

edp news

PCH do Grupo EDP no Espírito Santo conquista duas certificações

quarta-feira 29, Janeiro 2014

Localizada em Alegre, Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Francisco Grós recebeu certificações de Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional

A EDP no Brasil, empresa do grupo EDP Energias de Portugal, por meio da Pequena Central Hidrelétrica Francisco Grós, conquistou as certificações Certificações ISO 14001 - Norma de Meio Ambiente, e OHSAS 18001 - Norma para Segurança e Saúde Ocupacional. A auditoria na PCH, que está localizada no Rio Itapemirim, no município de Alegre, Sul do Espírito Santo, foi realizada pelo Bureau Veritas Certification.
 
As certificações concedidas à Companhia são duas das mais importantes do setor elétrico. A ISO 14001 é uma norma internacionalmente reconhecida que define o que deve ser feito para estabelecer um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) efetivo. A norma é desenvolvida com objetivo de criar o equilíbrio entre a manutenção da rentabilidade e a redução do impacto ambiental, com o comprometimento de toda a organização. 

Já a OHSAS 18001 é uma especificação de auditoria internacionalmente reconhecida para Sistemas de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO). Um SGSSO promove um ambiente de trabalho seguro e saudável, por meio de uma estrutura que permite à organização identificar e controlar riscos à saúde e segurança dos colaboradores.

“A conquista das certificações reafirma o compromisso do Grupo EDP na execução de procedimentos relevantes na área de meio ambiente, saúde e segurança, contemplando o atendimento à legislação, controle de documentos, indicadores de desempenho, análise dos sistemas implantados, homologação de fornecedores, controles para prevenir doenças e acidentes, sistemática para prevenir e remediar não conformidades, entre outras ações”, informa o diretor de Operação e Manutenção da Geração do Grupo EDP, José Cherem Pinto.

As boas práticas que comprovam o mérito pelas certificações iniciam-se desde o desenvolvimento das obras das usinas, uma vez, que a EDP adota as melhores práticas internacionais de preservação do meio ambiente e dos recursos naturais das regiões, como previsto na política de sustentabilidade do Grupo, que é publicamente reconhecida como modelo de referência no Brasil. 
 
Além disso, nos locais onde possui atividades, são desenvolvidas diversas ações de acordo com o perfil da região, entre elas, os programas de Recuperação de Áreas Degradadas, Monitoramento Qualitativo e Quantitativo das águas dos rios e Monitoramento da Ictiofauna (acompanhamento de todo o conjunto das espécies de peixes que existem na localidade).